CA�rculos temA?ticos

CA?RCULOS TEMA?TICOS:

24 JULHO 11h as 13h

1) AUDIODESCRIA�A?O E TEATRO: uma experiA?ncia inclusiva nos anos iniciais de escolarizaA�A?o.

Considerando a perspectiva das produA�A�es imagA�ticas na feitura teatral utilizamos os princA�pios da audiodescriA�A?o como facilitadores na leitura de tais imagens. Isso permitiu que todos os alunos, com e sem deficiA?ncia visual pudessem se inserir nas prA?ticas teatrais. As experimentaA�A�es cA?nicas decorreram dos Jogos Teatrais, Jogos DramA?ticos e ImprovisaA�A?o CA?nica, assim como do Teatro-Imagem, proposto por Augusto Boal.

Proponente: A�Cinthia DanielleA�Atriz, Arte educadora e Professora.

2)A�O TRABALHO E OS TRABALHADORES: FORMAS DE RESISTASNCIA DAS CLASSES POPULARES E AS TENDASNCIAS RECENTES DO TRABALHO NO CAPITALISMO.

Esta circulo trabalharA? um aspecto fundamental para a construA�A?o de formas de resistA?ncias das classes populares: O Trabalho. O objetivo aqui A� analisar historicamente as lutas das classes trabalhadoras propondo novas (ou clA?ssicas) estratA�gias de lutas para refrear o avanA�o do Capital sobre o Trabalho.

Proponente:A�Yuri Rodrigues da Cunha a�� Mestrando em CiA?ncias Sociais (DeterminaA�A�es do Mundo do Trabalho) pela FFC a�� UNESP, MarA�lia/SP.

3) SEMEANDO E PARINDO: UM RESGATE A FORA�A FEMININA EM CONEXA?O COM A MADRE TIERRA E OS DIREITOS DA MULHER DE PARIR DE FORMA SAGRADA E NATURAL.

CA�rculo temA?tico abordarA? as questA�es do feminino os mitos e verdades em torno do nascimento e do ato de parir. De forma circular e horizontal trocar saberes, canA�A�es e afecA�A�es; integrando as mulheres para que uma se reconheA�a na outra, fortalecendo os laA�os de irmandade e assim possibilitando reconhecimento, a honra e a vivA?ncia do ser mulher em comunhA?o com si prA?pria, com outras mulheres e com a natureza. Despertando assim para autonomia e o protagonismo de sua prA?pria histA?ria.

Proponente: Cinthia Canale PimentaA�Formada em Psicologia pela UNESP, Universidade Estadual de SA?o Paulo, Faculdade de CiA?ncias e Letras de Assis. Mariliz Mazzoni,A�Graduanda em ServiA�o Social, Doula com formaA�A?o pelo GAMA (2013), estudiosa em A�torno da questA?o do feminino sagrado e do autoconhecimento atravA�s de tA�cnicas A�ancestrais, xamA?s e plantas de poder.

4)A�JUSTIA�A RESTAURATIVA e CULTURA DE PAZA�na FUNDAA�A?O CASA

A Cultura de Paz vem de encontro com prA?ticas da justiA�a restaurativa, pois, combina as diversas vertentes da Cultura de Paz como oportunidade da representar estratA�gias de uma nova civilizaA�A?o, alicerA�ado em valores A�ticos, morais e valorizando a transformaA�A?o social de uma cultura de guerra para a Cultura de Paz.

Proponentes:A�Rosimeire Oliboni – Diretora da Unidade (PsicA?loga) /A�Maiza Mabile dos Santos – Analista TA�cnica / Pedagoga /A�Marcos Antonio Morales – Agente Educacional

5 – CA?RCULO DE CULTURAA� – ARTE CIENCIA E EDUCAA�A?O POPULAR a�� a proposiA�A?o da Universidade Popular de Arte e CiA?ncia – UPAC
ANIMADORES a�� VA?TOR PORDEUS, RAY LIMA A�e VERA DANTAS
PROPOSIA�A?O a�� Problematizar as possibilidades da arte como espaA�o/ caminho de construA�A?o compartilhada A�de conhecimento, de diA?logo entre saberes e linguagens , de expressividade e de produA�A?o de saA?de com base nas experiA?ncias da Universidade Popular de Arte e CiA?ncia a�� UPAC A�e das Cirandas da Vida que agregam as expressA�es do teatro de rua e da cenopoesia, das prA?ticas tradicionais de cuidado e as possibilidades dos sujeitos participantes com seus saberes e suas culturas.

25 de julho das 11h as 13h

6)A�SAAsDE E CULTURA NAS COMUNIDADES TRADICIONAIS DE MATRIZES AFRICANAS: O QUE TEMOS A VER COM ISTO?

prograf delivery A�Este circulo temA?tico se propA�e a debater sobre as condiA�A�es sociais de saA?de das comunidades de matrizes africanas, na perspectiva do direito ao acesso de serviA�os pA?blicos de saA?de.

Proponente: Maria Cristina Silveira Prado Martins a�� IyA? Cristina da��Osun

7)A�”A ExpressA?o da Liberdade nos PresA�dios”

ExperiA?ncia realizada em presidio do Estado de Santa Catarina pela educadora Eliana Pontes.

Proponte:A�Eliana Pontes

8)A�Centro Integrado de EducaA�A?o de Jovens e Adultos, CIEJA-SP: educaA�A?o popular?

O debate sobre experiA?ncias concretas de educaA�A?o de jovens e adultos na perspectiva da educaA�A?o popular apontando dilemas e perspectivas. O debate serA? feito a partir de relatos da pesquisa direta com docentes de EJA no estado de SA?o Paulo.

Proponente: Carolina Carol,A�Graduanda em Pedagogia pela Universidade Nove de Julho com pesquisas em EducaA�A?o Popular e prA?ticas educativas na EJA.

9)A�AUDIODESCRIA�A?O E TEATRO: uma experiA?ncia inclusiva nos anos iniciais de escolarizaA�A?o.

Direitos Humanos, corpo e EducaA�A?o: A relaA�A?o entre educaA�A?o e Direitos Humanos, Corpo e educaA�A?o, Corpo e opressA?o no universo escolar.

Proponente:A�A�Cinthia DanielleA�Atriz, Arte educadora e Professora.

10) A EDUCAA�A?O POPULAR EM PRATICAS COM ALBERGADOS DE SA?O MATEUS/SP: O limite entre ideias, leis e necessidades.A�

how to get viriga, generic levitra europe. Proponente: Carolina Carol /SP,A�Graduanda em Pedagogia pela Universidade Nove de Julho com pesquisas em EducaA�A?o Popular e prA?ticas educativas na EJA.

11)A�O DIREITO DAS PESSOAS COM DEFICIASNCIA E A EFETIVAA�A?O DA INCLUSA?O

buy pills Proponentes:A�ProfA? Ms. Katia de Moura GraA�a PaixA?o, Diretora do NA?cleo de Apoio Integrado ao Atendimento Educacional Especializado, Lins-SP. /A�A�ProfA? Elair Porto Dourado

12) MIDIAS SOCIAIS EM REDE: A NOVA AGORA
“O papel das novas tecnologias na discussA?o e ampliaA�A?o da democracia no mundo.”
As novas mA�dias e tecnologias no processo democrA?tico de inserA�A?o dos indivA�duos na agenda pA?blica.
Proponente: Adriano Matilha, Comunicador Social e Militante dos Direitos Humanos

13) EDUCAA�A?O DA INFA�NCIA – LUTA PELA QUALIDADE E UNIVERSALIZAA�A?O

Profa.A�MairiseA�SouzaA�- FA?rum Paulista de EducaA�A?o Infantil / A�Denise Rocha Pereira – Profa. Unisalesiano, Secretaria Municipal de EducaA�A?o)

26 de julho das 11h as 13h cheap pills

14) PRESTES – O HERA�I DA LIBERDADE DO BRASIL

AnA?lise do livro PRESTES a�� DER FREIHEITSHELD VON BRASILIEN, de1936, publicado em Moscou. Pretende-se preencher lacunas de conhecimento acerca da atuaA�A?o do lA�der comunista Luiz Carlos Prestes no Brasil, explorando principalmente o texto em alemA?o em questA?o e correlacionando-o ao conjunto de informaA�A�es disponA�veis sobre o tema.

Proponente: JosA� Luiz FelixA�Professor da A?rea de AlemA?o,A�Departamento de Letras Modernas,A�FCL/UNESP/ASSIS

15)A�EDUCAA�A?O E RACISMO NO BRASIL a�� AS DIFICULDADE NA SUPERAA�A?O

A proposta A� apresentar e debater as dificuldades ana superaA�A?o do racismo na educaA�A?o brasileira, apesar de garantias legais como a Lei 10.639 e as eficientes tA?ticas do sistema em manter a estrutura social e racial do paA�s.

Proponentes: CARLOS KISS E PRISCILA COSCARELLA, UNICAMP.

16)A� purchase isoptin a�?Lugar de velho A� no museua�?: qual A� o lugar do idoso na sociedade contemporA?nea? TA?picos para debate a partir de um relato de experiA?ncia.

A populaA�A?o idosa vem crescendo consideravelmente nas A?ltimas dA�cadas no Brasil, reflexo de melhorias mA�dico-sanitA?rias e na qualidade de vida geral da populaA�A?o. No entanto, marcas sociais importantes ainda caracterizam a populaA�A?o idosa, que se encontra deslocada do lugar social e familiar que outrora ocupava, de referA?ncia a ser dada quanto A�s experiA?ncias de vida e saber para o lugar onde se guardam as memA?rias e os fatos do passado. O que fazer quando o passado nA?o orienta mais o futuro, e sim o mercado, que A� dinA?mico, sempre novo, sempre moderno?

Proponentes: DA�bora Regina Marques Barbosa – AcadA?mica de enfermagem do Instituto de Ensino Superior MA?ltiplo (IESM-MA), membro da ANEPOP/PI; Manoel Guedes de Almeida – Estudante de medicina da Universidade Federal do PiauA� (UFPI), membro da ANEPOP/PI; Adriana Sousa Carvalho de Aguiar – Professora do Instituto de Ensino Superior MA?ltiplo (IESM-MA)