MODELO DE ORGANIZAÇÃO A PARTIR DO TEMA GERADOR

Tema Gerador

EDUCAÇÃO POPULAR E JUVENTUDE: O QUE VOCÊ TEM A DIZER?

IDENTIFICAR O PROBLEMA

Os doze eixos temáticos foram definidos a partir de consulta publica no site, e definidos na Ciranda de Mobilização e Organização realizada dia 25 e 26 de abril em Lins. Correspondem ao território da identificação dos problemas relacionados ao Tema Gerador.

Cumprem o papel de diretriz para que ativistas, educadores e educadoras populares, da escola formal, gestores e gestoras, militantes dos movimentos sociais possam inscrever Rodas de Conversa, Oficinas e atividades nos Pontos de Encontro.

ESCUTA

Rodas de Conversa  9h30 as 12h30

As Rodas de Conversa são o território da escuta, onde o fundamental é se colocar na posição de entender as perspectivas apresentadas por outras pessoas. A escuta fica a serviço do entendimento sobre o que está posto no diálogo.

A roda de conversa é um espaço aberto e horizontal, e para tanto, a escuta é fundamental, no sentido de oferecer ao outro e a outra pessoa, sua dedicação em dar existência a sua interpretação de mundo. A fala das pessoas só se realiza na escuta, e portanto, é este será o momento privilegiado para o escutar de todos e todas, com todos e todas.

Oficinas  14h30 as 17h00

As oficinas são um espaço de experimentação, de vivência, de compartilhar os  resultados da ação cotidiana das pessoas, grupos, educadores e militantes sociais.

Não ˙há resultado sem ação que o preceda, nem ação sem resultado. As oficinas são portanto um espaço, um momento em que a ação se realiza como aprendizagem pessoal e coletiva.

CONTRADIÇÕES

Arena 17h30 -19h30
As Arenas serão o espaço de aprofundamento das contradições que estão postas em cada um dos temas eixos. Ocorrerão como ultima atividade de cada dia e terão convidados nacionais e internacionais, para que possam dialogar com as pessoas orientadas diretamente por temas eixos.

Partem do principio que há educadores e educadoras que por sua vivência pessoal e coletiva, podem contribuir para a reflexão das contradições existentes em cada Tema Eixo.

A desenho da Arena é circular com os/as convidados/as ao centro, e um/a facilitador/a. A Arena não prevê a apresentação por parte dos/as convidados/as mas um diálogo horizontal entre convidados/as e presentes na arena onde os presentes formulam perguntas aos/as convidados/as.

COMPARTILHAR 

No território do FREPOP as atividades de expressões culturais são um dos destaques para o compartilhar as expressões individuais e coletivas. É o momento da poesia, da prosa, da musica e da dança, da vivência  de expressões da arte brasileira em sua diversidade.

É também um momento para que as pessoas se encontrem, compartilhem em conversas interpessoais suas vivências, articulem relações institucionais, movimentem o corpo e o espirito.

Durante todo o processo de organização do evento, podem ocorrer intervenções de expressões culturais, provocações pedagógicas e indagações que provoquem a alteração dos processos formatados convencionais.

AÇÃO

O FREPOP existe para que possamos alimentar o espírito de que há um outro mundo possível. No entanto este mundo possível só existirá para todos e todas, num futuro, se for vivido no tempo do agora, por quem o declara.  Neste tempo de existir de cada um e de cada uma, ser educador e educadora do mundo que anunciamos deve carregar um forte sentido na ação cotidiana. A amorosidade anunciada por Freire foi por ele vivida nas relações de sua vida como pessoa e educador, sendo que uma dimensão não se separa da outra.

O FREPOP é um território de declaração do futuro, na afirmação das ações do presente.