CARTA DE RECIFE (Em construA�A?o)

A Carta de Recife A� uma iniciativa de plenA?ria de encerramento doA�FREPOPA�que definiu a construA�A?o coletiva de uma CARTA a partir das experiA?ncias, diA?logos e aprendizagens de educadores e educadoras populares no FREPOP 2016. A primeira versA?o do texto proposto a plenA?ria foi uma contribuiA�A?o deA�Lurdes Santin(RS), Marcio Cruz(SC) e Selvino Heck(RS)

Em construA�A?o

brahmi gadi katha online movie

top legitimate online pharmachies, weingut sander. CARTA DE RECIFE

(Enunciado)

Reuniram-se em Recife, Pernambuco, no 13A? FREPOP a�� FA?rum de EducaA�A?o Popular a�� 10A? Internacional, educadores e educadoras populares que congregam a diversidade de atuaA�A?o na EducaA�A?o Popular da AmA�rica Latina.

Sujeitos polA�ticos que atuam nos territA?rios na luta pela terra; nos movimentos feministas; pelo livre orientaA�A?o sexual; pela regularizaA�A?o urbana; pela seguranA�a e soberania alimentar; por saA?de publica e integral; na defesa dos direitos das crianA�as, adolescentes, jovens e idosos; na defesa dos direitos indA�genas e dos direitos do povo afrodescendente, somos homens e mulheres que querem efetivados os direitos sociais conquistados com luta e sengue, as camadas populares e que lhes A� negado pelo Estado.

Ao mesmo tempo, educadores e educadoras que buscam construir em suas experiA?ncias pessoais e coletivas de novos afetos, corporalidades, leituras de mundo e compromissos que promovam aA�A�es potentes de transformaA�A?o pessoal e social, A�tico e polA�tico na construA�A?o da ideia de um outroA�mundo viA?vel e possA�vel. dapoxetine price in bangladesh

(Contexto)

Desde este lugar que estabelecemos uma leitura de contexto que nos impA�e desafios que nA?o sA?o novos, mas que tem novas correlaA�A�es de forA�as.

O mundo passa por uma crise econA?mica promovida pelas elites por ganancia e poder. E exigem dos trabalhadores e trabalhadoras que paguem a conta! A crise A� tambA�m polA�tica, social, ambiental e cultural.

Ao mesmo tempo em que setores mA�dia, do judiciA?rio e do parlamento, mobilizam as camadas conservadoras da sociedade para tomar as ruas, defendendo rupturas democrA?ticas, o racismo, o preconceito social. e promovem Golpes institucionais de encurtamento de mandatos de representantes eleitos nas urnas. Ao mesmo tempo que vemos com preocupaA�A?o, saudamos a exitosa reaA�A?o popular que frustrou a recente tentativa de golpe militar na Turquia.

Vivemos sobretudo, uma crise de sentido civilizatA?rio, na destruiA�A?o https://www.acheterviagrafr24.com/prix-du-viagra-en-pharmacie/ da natureza, nas tragA�dias das guerras por riqueza e poder, que dividem os povos e aprofundam o drama de migrantes como o povoA�sA�rioA�que na tentativa de buscar abrigo e proteA�A?o, deitam seus corpos no continente colonizador, afogados na tentativa de atravessar o mediterrA?neo, na intolerA?ncia e no A?dio .

No Brasil, a crise apresenta-se sob a forma de Golpe politico e institucional, que ameaA�a direitos dos trabalhadores e trabalhadora, promove a mA?xima do Estado mA�nimo, do mercado absoluto, destrA?i os canais de participaA�A?o social e subverte a democracia. Um governo ilegA�timo retira do povo as decisA�es soberanas sobre o paA�s e a naA�A?o.

(DeclaraA�A�es)

Entretanto, defendemos desde nossa pratica que a utopia continua viva!

Por isso, queremos, publicamente, aqui reafirmar nossos compromissos:

1) acreditamos firmemente que a EducaA�A?o Popular, e o elo que nos une. ConstruA�da a partir das relaA�A�es entre os sujeitos das classes populares que desejam se educar mutuamente, num espaA�o de liberdade e cooperaA�A?o, com vistas a compreender o mundo em que vivem, ampliando sua participaA�A?o cidadA? nas decisA�es que afetam os destinos do PaA�s e engajando-se na sua transformaA�A?o;

2) Como parte do compromisso A�tico e politico de nossa pratica, a democracia A� um valor inalienA?vel para que seja possA�vel a construA�A?o de sujeitos autA?nomos no mundo. Portanto, nA?o descansaremos e junto as camadas populares e setores progressistas lutaremos para restabelecer a Democracia no Brasil, que reduz direitos das camadas populares e promove regalias aos agentes do estado.

3) Derrotado o golpe, queremos mais Direitos e democracia!

4)……

Procedimentos:

a) O texto divulgado poderA? ser mudado em parte ou no todo, sendoA�fundamentado as inclusA�es e alteraA�A�es.

b) O texto estA? dividido em trA?s partes: enunciado, contexto e declaraA�A�es. AsA�alteraA�A�es devem ser realizadas no mesmo sentido de cada parte do texto.

c) Cada pessoa deve fazer sua contribuiA�A?o nosA� cheap pills http://tourismtrendsconference.com/buy-carbozyne-testimonials/ COMENTA?RIOSA�abaixo da pA?gina, diretamente no site para que haja visualizaA�A?o em tempo real.

d) O fechamento da Carta serA? realizado na Ciranda de SistematizaA�A?o do FREPOP e amplamente divulgada.

Participe!Certro educaA�A?o

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*