FREPOP discute transformar o FA?rum de EducaA�A?o Popular em movimento e a ONG FREPOP em Universidade Popular.

segundo dia 3

 

 

 

 

Contexto

Ao final do XII FREPOP a�� IX internacional, ocorrido no municA�pio de Lagarto (SE), o entA?o presidente Marcio Cruz propA?s a dissoluA�A?o da pessoa jurA�dica do FA?rum a ONG FREPOP. Seu principal argumento foi que a ONG FREPOP tinha como funA�A?o originA?ria a captaA�A?o de recursos e a gestA?o destes para a realizaA�A?o do FREPOP a�� FA?rum de EducaA�A?o Popular e nesse momento isso nA?o se mostrava necessA?rio pois o FA?rum de EducaA�A?o Popular pode ser administrado como A� o FA?rum Social Mundial (FSM), por um comitA? gestor que arrecada recursos e os distribui para a gestA?o entre as ONGs parceiras.

Outro motivo argumentado estA? no fato de que as decisA�es de mobilizaA�A?o e organizaA�A?o do FREPOP que jA? em 2014 ocorreu fora de Lins (SP), cidade onde surgiu, faz com que a ONG participe pouco ou quase nada das decisA�es que interferem na gestA?o dos recursos, especialmente aquelas que tA?m caracterA�sticas da cultura local. No entanto, ao final do evento, a ONG FREPOP fica com o A?nus da prestaA�A?o de contas e das dA�vidas decorrentes das decisA�es coletivas, que neste caso, nA?o sA?o assumidas por quem tomou as decisA�es coletivas.

Naquela assemblA�ia, por vA?rios motivos, nA?o houve condiA�A�es de se fazer um debate aprofundado sobre as implicaA�A�es desta proposta, e aprovou-se um mandato tampA?o para nova diretoria atA� 31 de dezembro de 2014, e uma nova assemblA�ia para o mA?s de novembro deste mesmo ano, que teve como presidente eleito um dos principais fundadores do FREPOP, o educador Antonio Folquito Verona.

A assemblA�ia extraordinA?ria ocorreu na programaA�A?o da Ciranda de SistematizaA�A?o do FREPOP, entre os dias 7 e 9 de novembro corrente, em GoiA?nia (GO).

Retomou-se o processo de debate cujo sentido era transformar o FREPOP num movimento e desvincular sua organizaA�A?o de uma ONG.

O FREPOP hoje conta com algumas ONGs parceiras e muitos educadores e educadoras que, de alguma forma participam dos processos de organizaA�A?o. Neste sentido a constituiA�A?o de um ComitA? de OrganizaA�A?o do FREPOP poderia desenvolver os projetos de captaA�A?o de recursos e, quando aprovados, serem geridos pelas ONGs parceiras. Hoje, entre as ONGs que sA?o parceiras do FREPOP, podemos citar o CAMP que A� uma das OrganizaA�A�es NA?o Governamentais A� frente do FSM no Rio Grande do Sul.

Uma das principais resistA?ncias em encerrar a pessoa jurA�dica do FREPOP estA? no seu CNPJ com mais de 8 anos sem nenhuma pendA?ncia de prestaA�A?o de contas. Alguns vA?em nisto um desperdA�cio de energia conquistada com tanto esforA�o. Para dar conta desta preocupaA�A?o foi proposto transformar o CNPJ da ONG FREPOP numa UNIVERSIDADE POPULAR, que seria imediatamente uma das parceiras do FREPOP – FA?rum de EducaA�A?o Popular. Isto seria feito por assemblA�ia convocada para a alteraA�A?o da natureza da ONG FREPOP no estatuto.

CenA?rios possA�veis

No debate realizado na AssemblA�ia ExtraordinA?ria ficaram evidentes alguns cenA?rios possA�veis que vamos descrever aqui para que se entenda atA� onde foi possA�vel se chegar com a construA�A?o coletiva no debate.

1. Extinguir a ONG, mantendo o FA?rum de EducaA�A?o Popular (FREPOP) sendo gestado por um ComitA? Organizativo, com representaA�A?o das diversas ONGs (pessoa jurA�dica), redes e militantes (pessoa fA�sica).

2. Eleger uma nova direA�A?o para mais uma ediA�A?o do FREPOP e aprofundar as discussA�es sobre a possibilidade de extinA�A?o ou nA?o da ONG FREPOP.

3. NA?o extinguir a ONG FREPOP e repensar seu modelo de organizaA�A?o e existA?ncia.

4. Eleger uma nova direA�A?o para a ONG FREPOP e criar um ComitA? Organizativo do FA?rum de EducaA�A?o Popular (FREPOP), no qual a ONG A�atuaria como parceira.

5. Transformar a ONG FREPOP numa Universidade Popular e constituir um ComitA? Organizativo para organizar o FA?rum de EducaA�A?o Popular a�� FREPOP.

Neste debate ficou claro que: Buy
1) O FREPOP a�� FA?rum de EducaA�A?o Popular A� uma extraordinA?ria experiA?ncia pessoal e coletiva que deve ser mantida.
2) Se faz necessA?ria a constituiA�A?o de um ComitA? de OrganizaA�A?o do FREPOP plural e participativo, para envolver o mA?ximo de educadores e educadoras populares no processo de sua construA�A?o.
3) Que a idA�ia de transformar a ONG FREPOP numa Universidade Popular deve ser debatida com todos/as aqueles/as que se consideram parte do FREPOP, e, portanto, nA?o poderA�amos definir nesta atividade tamanha mudanA�a, mas, temos a obrigaA�A?o de abrir um diA?logo organizado sobre o tema com os participantes do prA?ximo FREPOP.

Foi aprovado na AssemblA�iaA�ExtraordinA?ria:

1. Aprovou-se que a ONG FREPOP deva continuar seus trabalhos por pelo menos mais uma gestA?o, sendo que sua tarefa serA? captar recursos e fazer a gestA?o destes para a realizaA�A?o do XIII FREPOP a�� X Internacional.

2. Que a organizaA�A?o, divulgaA�A?o, articulaA�A?o de parceiros e mobilizaA�A?o do XIII FREPOP a�� X Internacional ficam sob responsabilidade do ComitA? de OrganizaA�A?o, que A� permanente e aberto a quaisquer entidades, redes, pessoas e grupos que queiram dele participar.

3. Que todos/as os presentes na atividade de sistematizaA�A?o compA�em automaticamente o primeiro ComitA? de OrganizaA�A?o do XIII FREPOP – X Internacional.

4. Que no ano de 2015, nA?o haverA? a ediA�A?o do FREPOP a�� Forum de EducaA�A?o Popular, nacional e internacional. No entanto, haverA? entre janeiro e novembro de 2015, as Cirandas de MobilizaA�A?o e OrganizaA�A?o do XIII FREPOP a�� X Internacional, Rodas de Conversa, CA�rculos de Cultura e outras atividades com o tema gerador: a�?O FREPOP e a construA�A?o da Universidade Popular: Os saberes e suas prA?ticas na construA�A?o do poder popular.a�? As Cirandas e demais atividades promovidas em nome do FREPOP poderA?o discutir outras pautas unificadas, locais ou regionais, mas devem ter atividades orientadas pelo tema gerador.

5. A primeira reuniA?o presencial do ComitA? de OrganizaA�A?o ocorrerA? em GoiA?nia (GO), no Congresso da ABRASCO a�� AssociaA�A?o Brasileira de SaA?de Coletiva, que serA? realizado entre os dias 28 de julho e primeiro de agosto na Universidade Federal de GoiA?s (http://www.saudecoletiva.org.br).

6. Neste sentido, a nova direA�A?o do FREPOP, para a gestA?o entre 1 de janeiro de 2015 e 31 de julho de 2016, foi eleita com a decisA?o do atual presidente AntA?nio Folquito Verona e de atual tesoureiro Marcio Cruz, para que fosse inteiramente renovada uma vez que ambos fizeram parte da direA�A?o do FREPOP em vA?rias gestA�es, desde sua fundaA�A?o.

Foram portanto eleitos/as para a nova gestA?o:

DIRETORIA EXECUTIVA:
Presidente: Yuri Rodrigues da Cunha – MarA�lia (SP)
Vice-Presidenta: Chenya ValenA�a Coutinho – Aracaju (SE)
1a. SecretA?ria: DA�bora Felice Matilha – MarA�lia (SP)
2a. SecretA?rio:DanA?bio Gomes da Silva – Natal (RN)
1o. Tesoureiro: KauA? Pedroso GonA�alves – Assis (SP)
2A� Tesoureiro:Diego Teixeira de Oliveira – Santa Cruz (RS)

CONSELHO FISCAL:
Conselheiros/as Efetivos: buy pills
Adriano Matilha – MarA�lia (SP)
Davi Evangelista de Lima – Assis (SP)
Maria Aparecida Saldanha Rosas GonA�alves – Lins (SP)
Conselheiros/as Suplentes: buy viagra visa gift card, buy generic tadalafil.
Lucas SuziganNachtigall – Assis (SP)
Luzia Aparecida – TaboA?o da Serra (SP)
Nadjane Arcando Neves – Recife (PE)

cheap indocin suppositories cheap panmycin aqua JUNTOS

3 comentários sobre “FREPOP discute transformar o FA?rum de EducaA�A?o Popular em movimento e a ONG FREPOP em Universidade Popular.

  1. Boa tarde!

    Espetacular as iniciativas, campanhas e projetos da FREPOP.
    Moro em Salvador, sou voluntária e tenho interesse em me colocar a disposição para participar das atividades ofertadas pela mesma.

    Muito grata pela atenção,

  2. So tenho que expressar satisfaçao e orgulho de ter estado presente na primeira reuniâo.Admiraçao pelo amigo Folquito e certeza de que nascera sim uma Universidade Popular da Frepop.
    Saudaćoes!
    Helena Zarvos.

  3. Foi um momento maravilhoso, participar do FREPOP em Goiânia Go. Dizer que, com prazer, farei parte dessa linda família, contribuindo para propagar ideias e propostas vindouras. Se, acharem-me, conveniente, aguardarei os próximos passos.
    Obrigada pela maravilhosa oportunidade que me foi concedida.
    Abraços e gratidão a todos os “FREPOPIANOS”,…..
    Sara – Brasília DF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 3 =